quinta-feira, 30 de março de 2017

PARABÉNS SIONISTA ESTADO JUDEU DE ISRAEL. MAIS DEVE SER FEITO. REPRESENTE NAÇÕES E POVOS DA TERRA VÍTIMAS DOS JOGOS MORTAIS DA ONU, UNIÃO EUROPÉIA ANTISSEMITA E XENÓFOBA E O ISLÃ. ABENÇOADO SEJA IEHUDAH E TODO ISRAEL.


Israel corta pagamentos à ONU após moção contra colônias
Segundo porta-voz, dinheiro suspenso será destinado a projetos que apoiam o país

POR O GLOBO / AGÊNCIAS INTERNACIONAIS
29/03/2017 17:26 / atualizado 29/03/2017 18:01
Assentamentos israelenses no Sul de Yatta, na Palestina - HAZEM BADER / AFP

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS DE MUNDO
Pivô de escândalo com a Rússia, ex-conselheiro de Trump quer imunidade para testemunhar 30/03/2017 21:10
Deputados e militares entram em choque na Venezuela30/03/2017 20:56
Malásia entrega corpo do meio-irmão de Kim após tensão diplomática30/03/2017 20:34
Condições de El Chapo na prisão beiram o desumano, afirma Anistia 30/03/2017 20:00

JERUSALÉM — O porta-voz do Ministério do Exterior de Israel, Emmanuel Nahshon, informou nesta quarta-feira que o país tomou a decisão de cortar US$ 2 milhões em repasses à ONU em retaliação à aprovação da resolução contra os assentamentos nos territórios palestinos. Segundo o governo de Benjamin Netanyahu, esse dinheiro será destinado a projetos em países que apoiam Israel em organizações internacionais.

Veja também
Israel intercepta míssil disparado pela Síria contra sua força aérea
Israel barra entrada de quem apoiar boicotes ao país

Nahshon disse que a medida foi tomada por Israel, com apoio de aliados como o governo americano, pelo que consideram uma decisão preconceituosa da ONU contra o país e uma obsessão com a questão palestina, em comparação com outras crises humanitárias ao redor do mundo.

Em dezembro, o Conselho de Segurança da ONU aprovou a resolução que exige que Israel cesse imediatamente e completamente os assentamentos nos territórios palestinos, incluindo Jerusalém Oriental. O então governo de Barack Obama se absteve da votação, não usando seu direito a veto em apoio ao seu aliado mais próximo no Oriente Médio, abrindo caminho para a decisão histórica. Após a votação da medida, Israel retirou seus embaixadores e cancelou programas de ajuda em 12 países que votaram a favor.

A abstenção americana foi vista como uma medida marcante de fim de mandato de Obama, que teve uma relação difícil com Netanyahu. Na época, ministros israelenses disseram que a resolução era uma traição dos EUA e, antes da votação, Donald Trump, então candidato eleito, veio a público pressionar Barack Obama a vetá-la.
PUBLICIDADE

inRead invented by Teads



Após a votação na ONU, não demorou muito para que Trump se pronunciasse contra a postura adotada pelos EUA, prometendo mudanças durante o seu governo:


PUBLICIDADE


"Sobre a ONU, as coisas serão diferentes depois de 20 de janeiro", escreveu o republicano, em seu Twitter, em referência à data em que iria tomar posse.

Na segunda-feira, a atual embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, afirmou que o governo americano não iria permitir que algo semelhante à decisão no Conselho de Segurança se repetisse.

Cinco controvérsias provocadas por Netanyahu desde a chegada de Trump
1 de 5




Vista aérea do assentamento israelense de Revava, perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia Foto: Majdi Mohammed / AP

Retomada de assentamentosA chegada de Donald Trump à Casa Branca motivou o premier israelense, Benjamin Netanyahu, a impulsionar ações criticadas no cenário internacional. Ele anunciou em janeiro a construção de milhares de residências em assentamentos na Cisjordânia, violando uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, e propõe agora novas colônias.



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/israel-corta-pagamentos-onu-apos-mocao-contra-colonias-21131773#ixzz4crPhKN00
© 1996 - 2017. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

PARABÉNS ISRAEL. OBEDEÇA A LIDERANÇA DE IEHOUAH TSEVA'OT E ANEXE LEGALMENTE TUDO QUE LHE É PERTINENTE, AVANCE SOBRE REGIÕES INSEGURAS E PROMOVA SEGURANÇA PERMANENTE COM ZONAS DE PROTEÇÃO ADEQUADAS E LIDERE OU APOIE OS POVOS E FAMÍLIAS IRMANADOS CONTIGO

Israel aprova primeiro novo assentamento na Cisjordânia em 20 anos
© AP Photo/ Bernat Armangue
ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA
17:35 30.03.2017(atualizado 19:55 30.03.2017) URL curta
640755
O gabinete de segurança de Israel aprovou nesta quinta-feira (30) a construção de um novo assentamento na Cisjordânia ocupada, pela primeira vez em duas décadas.

© AFP 2017/ DON EMMERT
Israel corta verbas da ONU para retaliar 'discriminação' ao Estado judeuA decisão foi tomada ao mesmo tempo em que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, negocia com as autoridades norte-americanas a possibilidade de restringir as políticas de assentamentos, segundo relata a Reuters.

Uma declaração oficial do gabinete de segurança de Israel afirma que a nova construção será levantada na área de Emek Shilo.

...
55

por taboola
Links patrocinados Recomendado Para Você

Entenda o que vai acontecer com a moeda americanaEmpiricus Research

Lanterna mais forte do Brasil é vendida a R$129,90Lanterna

Seguro de auto com 15% desconto.Ajuste Seguros

.

Saiba por que China e Rússia compram tanto ouro

Os mais formidáveis armamentos russos

Segredo desvendado: quem apoiou Argentina no conflito com Reino Unido?

Mais:Por que Israel não quer acabar com bombardeamentos da Síria?Israel boicota sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONUIsrael propõe acordo de troca de território e população com palestinos
Tags:
assentamentos, Cisjordânia, Israel
Padrões da comunidadeDISCUSSÃO
COMENTAR NO FACEBOOKCOMENTAR NA SPUTNIK

PARABÉNS David Friedman! Yehowah Tseva'ot; Iehouah Dos Exércitos te ilumine e fortaleça.


Advogado David Friedman é empossado como embaixador dos EUA em Israel

Advogado judeu ligado à Donald Trump é conhecido por sua posição favorável a colonização dos territórios palestinos.




Por France Presse

29/03/2017 21h59 Atualizado há 23 horas



David Friedman presta juramento ao cargo de embaixador dos EUA em Israel diante do vice-presidente Mike Pence e ao lado da mulher e dos netos (Foto: Mandel Ngan / AFP)



David Friedman, um advogado judeu ligado à Donald Trump e conhecido por sua posição favorável a colonização dos territórios palestinos, foi empossado nesta quarta-feira (29) como embaixador dos Estados Unidos em Israel.


"Os Estados Unidos sempre serão um amigo fiel do Estado de Israel", destacou o vice-presidente Mike Pence durante a cerimônia de posse na Casa Branca.


"David, o presidente e eu sabemos que o senhor nos ajudará a tornar ainda mais forte o inabalável vínculo entre nosso povo e o povo de Israel".


Friedman também se declarou favorável à transferência da embaixada dos Estados Unidos de Tel Aviv para Jerusalém, uma proposta de campanha de Donald Trump que provocou grande polêmica internacional.


Durante uma audiência de confirmação no Senado, em meados de fevereiro, Friedman lamentou suas declarações contra palestinos e judeus americanos críticos de Israel. Em votação no Senado na quinta-feira passada, Friedman foi confirmado ao cargo por 52 votos contra 46.

ESTADOS UNIDOS
ISRAEL

4
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

ENVIAR


RECENTES

POPULARES


Lusmar Rodrigues

HÁ 21 HORAS

Mais um mardoqueu ! Deus tua palavra e maravilhosa.
93



VER MAIS 1 COMENTÁRIO

Galdencio Pampas

HÁ 11 HORAS

e os árabes querem por acaso paz no Oriente Médio? vai a Gaza pergunte a eles, vá a Síria, vá ao Iraque, vá ao Líbano, vá ao Irã, piadista de meia pataca. Estas defendendo somente o teu lado né? Bem que nomearam um sionista para o cargo de embaixador, a embaixada assim vai ser transferida de vez para a capital indivisível e de propriedade do povo hebreu.
72


Galdencio Pampas

HÁ 10 HORAS

Viva Israel, vcs que procurem se entender entre si, parem de lutar contra o que não pode ser derrubado, vão desenvolver seus países retrógrados e larguem de mão Israel, pois só assim haverá paz naquela terra em definitivo.
50

Falando depois de seus colegas, a vice-ministra das Relações Exteriores, Tzipi Hotovely, disse que há três argumentos “justos” para que o governo israelense continue construindo casas na Área C, reivindicada pela Palestina. Segundo ela, a vitória de Israel na Guerra dos Seis Dias é o fator determinante. “Foi uma guerra justa. É uma defesa justa. Mas o mais importante, foi baseado em uma reivindicação justa”. Para ela, é uma reivindicação do povo judeu a recuperação das áreas bíblicas de Bet-El, Siquém, Jerusalém e Hebron, objeto de disputa com a Autoridade Palestina. Incisiva, acrescentou “Eu sempre digo que a ocupação é um mito, porque nunca ocupamos a terra de outras pessoas. Esta é a terra judaica [Judéia e Samaria] e deve ser para sempre uma terra judaica, sob a lei israelense”. Essas declarações com tons religiosos sempre são criticadas, mas ecoam a postura do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. No ano passado, falando a alunos da rede pública, ele declarou: “Antes de tudo, estudem a Bíblia. Devemos fazer um grande esforço, pois esta é a razão do porquê estamos aqui, dos motivos pelos quais retornamos a esta terra e que nos motiva a ficar aqui.”

“Bíblia nos dá direito a essa terra, não a Wikipedia”, diz ministro de Israel

Em evento comemorativo do 50º aniversário da Guerra dos Seis Dias, ministros defendem assentamentos na Cisjordânia


"Bíblia nos dá direito a essa terra, não a Wikipedia"
Durante o encontro do Conselho de Comunidades Judaicas da Judéia e Samaria, ocorrido em Washington, nesta terça-feira (28), o ministro das Comunicações, Tzachi Hanegbi, fez uma declaração inesperada.
Ao falar sobre a tentativa da ONU de impedir a construção de assentamentos na Cisjordânia, ele disparou “A defesa é importante, a segurança é importante, mas a coisa mais importante é a reivindicação moral de Israel. Estamos empenhados em seguir em frente, vivendo em nossa terra, terra essa que não nos foi dada pelo Google e Wikipedia, mas pela Bíblia”.
O evento em que Hanegbi falou foi organizado para comemorar o 50º aniversário da Guerra dos Seis Dias. Esta foi a primeira vez que o Conselho realizou um evento em Washington concomitantemente com a conferência do AIPAC (Comitê EUA-Israel de Negócios Públicos), visando conseguir apoio tanto nos Estados Unidos como na União Europeia para a construção de mais assentamentos.

  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Também discursou o ministro da Habitação e Construção, Yoav Galant, que fez questão de lembrar aos presentes que não usam o nome Cisjordânia, preferindo referir-se à região com o nome bíblico. “Para nós, Judeia e Samaria são Israel”, destacando o controle contínuo da Área C – nome dado pela ONU – é “existencialmente necessário” para o futuro do Estado judeu.
Falando depois de seus colegas, a vice-ministra das Relações Exteriores, Tzipi Hotovely, disse que há três argumentos “justos” para que o governo israelense continue construindo casas na  Área C, reivindicada pela Palestina. Segundo ela, a vitória de Israel na Guerra dos Seis Dias é o fator determinante.
“Foi uma guerra justa. É uma defesa justa. Mas o mais importante, foi baseado em uma reivindicação justa”.  Para ela, é uma reivindicação do povo judeu a recuperação das áreas bíblicas de Bet-El, Siquém, Jerusalém e Hebron, objeto de disputa com a Autoridade Palestina.
Incisiva, acrescentou “Eu sempre digo que a ocupação é um mito, porque nunca ocupamos a terra de outras pessoas. Esta é a terra judaica [Judéia e Samaria] e deve ser para sempre uma terra judaica, sob a lei israelense”.
Essas declarações com tons religiosos sempre são criticadas, mas ecoam a postura do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. No ano passado, falando a alunos da rede pública, ele declarou: “Antes de tudo, estudem a Bíblia. Devemos fazer um grande esforço, pois esta é a razão do porquê estamos aqui, dos motivos pelos quais retornamos a esta terra e que nos motiva a ficar aqui.”
Os discursos dos ministros de Israel se contrapõem diretamente às recentes decisões do Conselho de Segurança da ONU. Dominado por países islâmicos, em dezembro de 2016, ele aprovou uma resolução exigindo o fim da construção de assentamentos israelenses no que chama de “territórios palestinos ocupados”. Com informações Jerusalém Post
https://noticias.gospelprime.com.br/biblia-direito-terra-nao-wikipedia-ministro-israel/

quarta-feira, 29 de março de 2017

PARABÉNS ISRAEL, SIONISTAS, AMIGOS E PESSOAS EQUILIBRADAS DE TODA TERRA! IEHOUAH ELOHIM ABENÇOE TODOS COM PROFUNDO BEM-ESTAR E REALIZAÇÃO PESSOAL. ISRAEL E O SIONISMO DEVEM SER APOIADOS, OS JUDEUS E O JUDAÍSMO DEVE SE MULTIPLICAR EM BENEFÍCIO DE TODA HUMANIDADE E AS AÇÕES EM PROL DISSO DEVEM SER TANTO EDUCACIONAIS ECONÔMICAS COMO MILITARES POLÍTICAS COM INTENSIDADE IMPLACÁVEL E RESOLUÇÃO INEGOCIÁVEL. QUANTO Á ONU E GRUPOS DOMINADOS PELO ISLÃ E ANTISSEMITAS REQUEREM SER SUMARIAMENTE ERRADICADOS DE TODO PLANETA. AS AÇÕES POSITIVAS RECENTES DE ANTÔNIO GUTERRES REPRESENTAM O SER HUMANO DIGNO E PLENO, TOTALMENTE DIFERENTE DO ANTI-SEMITISMO, ANTI-SIONISMO, FUNDAMENTALISMO ISLÃMICO, XENOFOBIA CONTRA CRISTÃOS E DESUMANIDADE QUE PREVALECE NA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. LIBERTEM A ÁFRICA E A ÁSIA DAS DITADURAS ISLAMITAS E DOS MASSACRES IGNORADOS PARA TENTAR COMEÇAR Á FALAR DE JUSTIÇA E HUMANITARISMO. SEMPRE QUE UM OU BILHÕES SE FOCAR CONTRA ISRAEL E O SIONISMO QUE GASTE SUA SUPOSTA VIDA APRENDENDO OS CAMINHOS DE YEHOWAH TSEVA'OT; IEHOUAH DOS EXÉRCITOS

Todos os blogs

"ACABARAM-SE OS DIAS EM QUE ISRAEL ERA AGREDIDO NA ONU" - GARANTE A REPRESENTANTE NORTE-AMERICANA

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 17 horas
Perante uma audiência de quase 18.000 pessoas em êxtase ontem à noite, na conferência anual da *AIPAC - "American Israel Public Affairs Comittee" *- a representante norte-americana para as Nações Unidas Nikki Haley prometeu uma nova era na ONU, uma nova época em que que os EUA serão um aliado inequívoco e ousado de Israel, e qualquer nação que se atravessar no caminho sofrerá a sua ira. *"Eu calço sapatos altos. Mas nada tem a ver com a moda. É porque se eu vir algo de errado, vamos pontapear em todas as direcções."* *"Quando a resolução* (da ONU) *2334 passou, e os Estados Unidos s... mais »

BBC Brasil: Terrorista de Londres pode ser um Lutador da Liberdade

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há um dia
*Raramente, se é que alguma vez sucedeu, a BBC se refere a actos de violência politicamente ou nacionalisticamente motivados contra israelitas como sendo terrorismo. No entanto, a BBC não hesita em chamar terrorismo ao terrorismo quando se trata de ataques em solo britânico, sejam estes levados a cabo por republicanos irlandeses ou pelos chamados lobos solitários, inspirados pela Jihad Islâmica.* Dada a necessidade de atender ao seu público interno, não foi uma surpresa que a *BBC *tenha classificado o terrível ataque terrorista da semana passada na Ponte de Westminster e no Parl... mais »

CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO JUDAICA NA JUDEIA E SAMARIA ANULA HIPÓTESE DA "SOLUÇÃO 2 ESTADOS"

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há um dia
Foi ontem publicado um relatório actualizado de 1 de Janeiro de 2017, com os dados populacionais judaicos, dando expectativas muito positivas quanto ao crescimento da população judaica na Judeia e Samaria, as regiões bíblicas erroneamente denominadas como *"Margem Ocidental."* Segundo estes dados, há 420.899 judeus a viver na Judeia e na Samaria, sem contar com os habitantes judeus de Jerusalém oriental e cercanias, após a libertação da Cidade em Junho de 1967. Este número assinalável de judeus vivendo nesta disputada região torna obsoleta a ideia de 2 estados vivendo lado a lado na ... mais »

Nova Ordem Mundial Para Totós

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 2 dias
* Terça Livre* *Entenda porque é que o Sistema está em pânico com as vitórias de Trump, de Victor Órban, de Benjamin Netahyahu, de Malcolm Turbull, o Brexit, o sensacional segundo lugar de Geert Wilders na Holanda, o abrir da pestana das massas para a desinformação e propaganda grosseira que lhes servem como sendo Jornalismo:* *Trump venceu - Contra a Nova Ordem Mundial* *Marionetas esquerdistas anti-Trump clamam pelo globalismo (os cartazes apelasm ao fim das nações e das fronteiras), e pela islamização global. As forças do Mal unem-se e criam o caos, contra o inimigo comum: a ... mais »

MAIS UM ALINHAMENTO PROFÉTICO...OU NÃO ESTIVÉSSEMOS EM 2017...

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 3 dias
*"Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta"* - Apocalipse 17:13 *LÍDERES EUROPEUS REUNIRAM-SE ONTEM COM O PAPA FRANCISCO, EM ROMA, ANTES DA CELEBRAÇÃO DOS 60 ANOS DO "TRATADO DE ROMA" QUE DEU ORIGEM À AGORA CHAMADA "UNIÃO EUROPEIA"* Ainda que não estejamos para já a ver o cumprimento integral desta profecia apocalíptica, a realidade vindoura começa a vislumbrar-se através desta postura de submissão dos líderes europeus ao *"falso profeta"*, na cidade de Roma, a *"grande Babilónia/prostituta"*, aquela que se tem alimentado do sangue dos mártires... mais »

ANGELA MERKEL ALINHA-SE COM OS INIMIGOS DE ISRAEL CONTRA OS PLANOS DE DEUS

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 4 dias
Recebendo o chefe da pilantragem palestiniana, Mahmoud Abbas, em Berlim, a chanceler alemã Angela Merkel pronunciou-se hoje a favor dos defensores da aniquilação do estado judaico, ao afirmar que *"não há alternativa razoável"* à solução dois estados entre israelitas e palestinianos, acrescentando ainda em tom de aviso que a actividade dos aldeamentos israelitas (apelidados pelos inimigos de Israel como *"colonatos"*) está impedindo uma resolução para o conflito. Angela Merkel aproveitou também para repreender os palestinianos por aproveitarem os fóruns internacionais para em todas... mais »

Olha! Jihad Automóvel em todo o Mundo!

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 4 dias
*"Faz guerra contra os não-muçulmanos e mata-os até eles se submeterem e até a única religião ser o Islão".* *Alcorão: 8:39* * Na sequência de:* *Olha! Mais Jihad Automóvel na Bélgica!**Olha! Mais Jihad Automóvel em Itália!* *ALGUNS ATAQUES RECENTES DA JIHAD COM AUTOMÓVEL E FACA: * *O ataque terrorista de hoje em Antuérpia é o mais recente de uma série de incidentes semelhantes em todo o mundo, onde extremistas usaram veículos como armas.* *Ontem, quatro pessoas foram mortas num massacre nas imediações do Parlamento Britânico, em Londres, quando um terrorista inspirado pelo I... mais »

Olha! Mais Jihad Automóvel em Itália!

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 4 dias
*"Faz guerra contra os não-muçulmanos e mata-os até eles se submeterem e até a única religião ser o Islão".* *Alcorão: 8:39* Na sequência imediata de: *Olha! Mais Jihad Automóvel na Bélgica!* *Itália: 'Norte-Africano' tenta atropelar Polícia e esfaqueia um agente* por *Liam Deacon*, *Breitbart*, 23 de Março de 2017: *Um migrante "norte-africano" tentou atacar a polícia com um carro numa cidade do sul da Itália na quarta-feira, antes de atacar e ferir um agente com uma faca. * A Imprensa italiana disse que o ataque no bairro ferroviário de Foggia *"lembra a dinâmica"* do ata... mais »

Olha! Mais Jihad Automóvel na Bélgica!

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 4 dias
*"Faz guerra contra os não-muçulmanos e mata-os até eles se submeterem e até a única religião ser o Islão".* *Alcorão: 8:39* *Bélgica: Muçulmano que tentou esmagar infiéis levava gás líquido, metralhadoras e facas no carro* *O Daily Mail chama ao agressor um "muçulmano francês". Na verdade, ele mesmo negaria vigorosamente ser francês. Ele considera-se não um francês, não um europeu, mas um orgulhosos colono e um cidadão da umma global islâmica.* *Há 1 ano, um massacre na **Bélgica. * *Nos jornais, os comentadores, os especialistas, os opinadores, os jornalistas - os palhaç... mais »

NETANYAHU NÃO VOLTA ATRÁS NAS CONSTRUÇÕES EM JERUSALÉM ORIENTAL

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 5 dias
Ainda durante a sua visita à China, o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu informou que *"não irá negociar"* qualquer interrupção na construção de novas habitações em Jerusalém oriental. Falando a repórteres na passada terça-Feira, o primeiro-ministro informou que conquanto esteja ainda a acertar um entendimento com a administração de Donald Trump sobre a construção de novas casas na Judeia e na Samaria, o tópico de restringir construções em Jerusalém oriental está fora da agenda. *"Não negociarei a questão de Jerusalém, mas estou preparado para encontrar uma fórmula acorda... mais »

Breves notas sobre o ataque terrorista de Westminster

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 6 dias
Na sequência de:*Mais um massacre islamista no Reino Unido* *Ainda hoje ouvimos o Primeiro-Ministro António Costa, insultar Geert Wilders, o político holandês que quer banir o terrorismo islâmico na Holanda. Chamou-lhe lobo sem pele de cordeiro, racista, homofóbico, xenófobo, etc.. * Estão assim as coisas na Europa. Os muçulmanos, que seguem uma ideologia que os manda eliminar-nos e submeter-nos, são intocáveis. Quem denuncia esta nova tirania que paira sobre a Europa, é demonizado. Os Britânicos começaram a tomar em mãos a sua defesa contra os invasores, já que o Poder nada faz... mais »

Presidente da República inaugurou exposição “Heranças e Vivências Judaicas em Portugal” - NOTÍCIAS - PRESIDENCIA.PT

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 6 dias
Presidente da República inaugurou exposição “Heranças e Vivências Judaicas em Portugal” - NOTÍCIAS - PRESIDENCIA.PT: O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa inauguração, na sala de exposições do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, em Lisboa, a Exposição Internacional “Heranças e Vivências Judaicas em Portugal” organizada pela da Rede de Judiarias de Portugal - Rotas de Sefarad.

Mais um massacre islamista no Reino Unido

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 6 dias
*"Faz guerra contra os não-muçulmanos e mata-os até eles se submeterem e até a única religião ser o Islão".* *Alcorão: 8:39 * *A RELIGIÃO DA PAZ VOLTA A ESPALHAR A PAZ EM LONDRES* *Testemunha viu muçulmano com uma faca de 8 polegadas a correr para o edifício do Parlamento.* *"Uma testemunha disse ter visto um homem asiático com uma faca de oito polegadas a caminhar em direcção ao edifício."* *"Asiático" é o código dos jornalistas para "muçulmano".* *ACTUALIZAÇÃO - Vídeo retirado pela censura islamista; assim podem sempre alegar que foi mais um falso ataque blabla teorias da ... mais »

ISRAEL ESTREIA NOVO SISTEMA DE DEFESA ANTI-MÍSSIL "FUNDA DE DAVID"

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há uma semana
Acompanhando o crescente das tensões na fronteira Norte de Israel (Líbano e Síria), a Força Aérea Israelita inaugurou ontem oficialmente o seu novo sistema de defesa anti-míssil, cognominado de *"Funda de David"*, acrescentando assim mais um avançado sistema de protecção aos já bem sucedidos *"Cúpula de Ferro"* e *"Arrow"*, cuja eficácia tem sido comprovada nos últimos ataques com *rockets* disparados pelo Hamas a partir da Faixa de Gaza. Este novo sistema é o resultado de um trabalho conjunto realizado por israelitas e norte-americanos. Já operacional, este sistema irá funcionar co... mais »

NETANYAHU NA CHINA PARA APROFUNDAR LAÇOS ECONÓMICOS

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há uma semana
Numa altura em que a economia exportadora israelita tem os olhos na Ásia, de uma *"forma bem clara e propositada",* o primeiro-ministro israelita Netanyahu está de visita à maior potência económica asiática, num esforço para combinar a crescente tecnologia *"high-tech"* israelita com as capacidade chinesas de marketing e comercialização em massa, para o benefício de ambos os países. Tendo sido recebido de braços abertos, o primeiro-ministro Netanyahu encontrou uma China interessada em aumentar a sua cooperação tecnológica com Israel, ao mesmo tempo que tenta um maior envolvimento no... mais »

Khomeini denuncia mais uma "conspiração sionista"

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há uma semana
*Khomeini diz que mundo ocidental vê as mulheres como «bens pessoais» * *O líder espiritual e político do Irão, o Ayatollah Seyyed Ali Khomeini, declarou, este domingo, que existe uma conspiração sionista no mundo ocidental para tratar as mulheres como «um bem pessoal».* *«Fazer das mulheres um bem pessoal, de gratificação e de comodidade é quase de certeza um plano sionista que visa destruir a sociedade humana»*, declarou. *«Homens e mulheres não são diferentes no que toca à ascendência espiritual e o talento para liderar e deter poder. No Ocidente, aqueles que procuram a igual... mais »

Comentário ao ataque terrorista no Aeroporto de Paris-Orly

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há uma semana
*Na sequência do post anterior: * *Ataque islamista no Aeroporto de Paris-Orly* *O terrorista islâmico* *Ziyed Ben Belgacem, hoje abatido em Paris.* *1 - A lista dos ataques islâmicos em França nos últimos 2 anos (ver post anterior) está longe de estar completa. A decapitação ritual islâmica do Padre Hamel, por exemplo, ficou de fora:* *Padre francês decapitado por recusar submeter-se a Alá* Certas figuras emblemáticas da extrema-esquerda *acharam muita graça ao sacrifício ritual do Padre Hamel*. *Arnaldo Matos, O Grande Educador da Classe Operária*, também delirou com o *Massa... mais »

Ataque islamista no Aeroporto de Paris-Orly

Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há uma semana
*ACTUALIZAÇÃO: * *"O francês de 39 anos abatido este sábado no aeroporto parisiense de Orly-Sud afirmou-se prestes a matar e a "morrer por Alá", declarou o procurador da República de Paris, François Molin. * *Ziyed Bem Belgacem, já condenado por vários casos de violência, atacou a patrulha afirmando: "Pousem as vossas armas, eu estou aqui para morrer por Alá. De qualquer forma, vai haver mortos", relatou o procurador, numa conferência de imprensa. * *O homem apontou a arma à cabeça da militar e usou-a para se proteger, tendo conseguido retirar-lhe a espingarda* *O procurador a... mais »

PARLAMENTO ISRAELITA APROVA UMA MAIOR LIGAÇÃO DOS JUDEUS AO MONTE DO TEMPLO

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há uma semana
Aproxima-se o Jubileu da Cidade de Jerusalém. Em Junho deste ano, completam-se 50 anos desde que as forças israelitas conseguiram recuperar a totalidade da sua capital, unificando-a e reconstruindo tudo aquilo que os ocupantes jordanos haviam destruído. Mas a reconquista de Jerusalém em Junho de 1967 falhou num ponto crucial: desejoso de fazer a paz com a Jordânia, o general Moshe Dayan decidiu deixar a administração do Monte do Templo nas mãos dos árabes. Muitos ainda hoje não compreendem como foi possível que o lugar mais sagrado para os judeus tivesse sido deixado nas mãos dos se... mais »

GUTERRES TRAVA CONDENAÇÃO A ISRAEL NA ONU

ShalomemSHALOM ISRAEL - Há uma semana
O secretário geral da ONU, o português António Guterres, solicitou à comissão regional das Nações Unidas que representa a maioria dos países árabes que removam do seu *website* um relatório em que Israel é acusado de praticar um *"regime de apartheid"* contra os palestinianos. O relatório apresentado à *"Comissão Social e Económica das Nações Unidas para a Ásia Ocidental" - ESCWA* - que compreende um total de 18 nações árabes. conclui que *"Israel estabeleceu um regime de apartheid que domina o povo palestiniano como um todo."* Este tipo de acusação - frequentemente feita a Israel p... mais »