sexta-feira, 30 de maio de 2014

http://www.guemachrio.org/

apoios

Shimon, o Justo, um dos últimos participantes da Grande Assembléia, afirmava: “Sobre três coisas se sustenta o mundo: o estudo da Torá, o serviço Divino (a oração) e guemilut chassadim, os atos de bondade”.
(Pirkei Avot - A Ética dos Pais).
O Judaísmo ensina que o homem é o único ser que possui livre arbítrio e que pode, de forma consciente, beneficiar seus semelhantes ao praticar atos de bondade. A Torá e nossos sábios ensinam que a bondade, a generosidade, a ética e a responsabilidade coletiva constituem parte integral dos mandamentos divinos transmitidos para o povo judeu no deserto do Sinai. O mandamento de guemilut chassadim vai além da prática da tzedaká e inclui qualquer ato de bondade que é feito a outro. Mais especificamente, inclui emprestar dinheiro ou objetos, ser hospitaleiro, visitar e confortar os doentes, dar roupas a quem necessita e promover a paz entre as pessoas. Todas as comunidades fortes e estruturadas têm instituições (Guemach) dedicadas a prover empréstimos sem juros para estimular o empreendedorismo ou socorrer pessoas em momentos de dificuldades e a partir de agora o Rio de Janeiro também passa a Ter.
http://www.guemachrio.org/